22 de out de 2014

De tudo um pouco, mas de nada também

Eita vontade louca de escrever, mas não tenho muito o que dizer. Eu gosto de escrever sobre mim, minhas ansiedades, experiências e choradeiras. Mas nem tudo posso colocar aqui, principalmente quando envolve terceiros.

Assim eu pensei em falar sobre o desmatamento da Amazônia que está aumentando mais uma vez. Mas  talvez não  tenha os bons argumentos na ponta dos dedos pra colocar aqui.
Pensei então em falar de politica externa, mas né?!? Who wants?!?

Escreverei então de banalidades. Vamos lá.

Desde que cortei meu cabelo (bem curtinho) estou me sentindo mais bonita. As pessoas tem elogiado, e eu que não estou acostumada com isso fico bem tímida. Das duas uma, ou eu realmente estou precisando de terapia ou de mais elogios. Sei lá.

Estou fazendo tratamento para regularizar meus hormônios. Estou toda desregulada e isso tem me feito mal. Veremos como ficará ao fim de 3 meses.

Mal me mudei de casa e já quero mudar mais uma vez. Marido não quer. Impasse difícil de resolver. Esse é um motivo de stress constante: a casa.

Adotamos uma cachorra e bambino está louco por ela. Onde vai fala pra todo mundo da Sophie. Veio com o nome. Não basta lidar com a França diariamente, eu realmente precisava de um cão com nome francês. Mas ela é linda e estamos apaixonados por ela.

Gianlucca está dormindo bem. Que Deus conserve, amém.

Engordei mais. Não sei como, nem porque. Marquei uma nutricionista funcional, mas além de ser só em Dezembro a consulta é bem cara. Estou pensado em rever para uma nutricionista familiar. Rodrigo já faz acompanhamento, mas o dele é bem específico, voltado para quem treina. Gianlucca ainda anda difícil de comer, então quero aproveitar pra "resolver" tudo de uma vez.

Encontrei uns amigos das antigas, e uma das meninas tem uma baby novinha. Gianlucca ficou enlouquecido e agora quer um neném (nunca antes, na história desse país, ele havia pedido, e quando perguntávamos se queria era categórico no não). Já disse que demora, que minha barriga precisa crescer, que neném chora, que ele vai dividir papai e mamãe, os brinquedos e a Sophie, que neném faz número 1 e número 2. Ele se mostrou disposto a tudo, menos ao número 2 hahahaha.

É isso.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Eu amo seu comentário, e amo responder seu comentário também!!
Por isso optei em moderar, apenas para não deixar nenhum sem resposta.