7 de jun de 2014

Celular caído e a falta que me faz escrever

E aí que o meu instrumento de inscrita caiu no chão e estou com ele parcialmente funcionando.
Nem mesmo a função principal ele faz direito: eu só recebo ligações e consigo fazer somente dos contatos. Se precisar ligar para algum número que não está na agenda, sem change!

Outras coisas eu ainda consigo usar, como meu amado whatsapp porque o aplicativo vira e dá pra digitar do lado do touch que ainda funciona. Mas os aplicativos que não viram na tela, como meu parceiro blogger, sem condições.

Por isso estou sem escrever há muitos dias. Hoje sentei com o note, mas isso não é minha realidade. Eu quase nunca consigo, pois quando estou em casa a prioridade é o bambino, marido, casa e descanso.

Mas tem me feito falta escrever. Quando finalmente tomei coragem de colocar o blog no ar, não tinha ideia o quanto me faria bem escrever. Uma experiência inédita e reveladora.

Tá certo que reclamo muito, que meus momentos de blogterapia são mais do que eu imaginava no início, no entanto eles me refletem de alguma maneira. E que passam, mesmo que demorem um pouco.

Vamos caminhando. Muitas coisas aconteceram desde que meu querido celular se acidentou, mas estamos vivos e bem.
Alguns dias mais estressados do que outros, com a paciência mais esgotada do que outros dias. Mas o amor, ahh esse não nos tem faltado.

Não sei ao certo a razão, mas a cumplicidade do meu lar está bem. As dificuldades (elas sempre existem né?!) tem nos feito caminhar mais juntos, unidos na confiança de que Aquele que nos amou primeiro ainda não completou a boa obra em nossas vidas e está no controle de todas as coisas. Sim, sinto Deus muito mais próximos de nós, porque hoje estamos buscando estar mais próximos Dele.

E que ele abençoe seu lar e esteja com você, assim como Ele tem sido presente aqui :)

Hugs.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Eu amo seu comentário, e amo responder seu comentário também!!
Por isso optei em moderar, apenas para não deixar nenhum sem resposta.