25 de fev de 2014

Por uma vida mais simples

Estou em uma vibe mais minimalista e tentando ser mais sustentável.

Bambino usou fralda de pano, dessas cheias de tecnologia. E oh, não me arrependo não. Além de serem lindas, são muito mais confortáveis, não dão assaduras. Suporta um pouco menos, e dão um pouco mais de trabalho pra lavar, não tenho porque menti. Mas vale a pena o conforto da criança e o meio ambiente.

Mas não quero viver com uma quantidade enorme de tralhas, casa cheia de coisas que na verdade não preciso e gastar dinheiro com coisas que na verdade não quero.

Eu li um artigo no UOL da Roseli Sayão sobre o custo de criar um filho. Leva-se em conta somente o $$$. E ela muito sabiamente aborda o custo emocional, físico e psicológico e o tempo que é dedicado para criar um filho.

Ela ali me traduzindo. As palavras vieram de encontro com aquilo que tenho acreditado (pois sim, somos mutáveis), colocando em palavras o que tenho sentido.

Ao demonstrar minha vontade de ter o segundinho aos familiares eu não tive sequer uma palavra de incentivo (exceto minha mãe que me pergunta quase mensalmente sobre quando virá hehe). Todo mundo demostra preocupação com grana.

Mas falando sério, fazendo uma análise bem racional me diz quantos sapatos um bebê que não anda precisa? Quantos sapatos uma criança que anda e tem somente dois pés precisa? Aqui em casa somente 3. Um tênis, uma sandália e um chinelo. Até porque perde muito rápido.

Isso vale também para os adultos da casa. Com uma variedade um pouco maior porque fazemos parte do mundo corporativo e ainda não consegui encontrar uma empresa que não ligue pra isso.

Guarda roupa abarrotado me dá até raiva por três motivos: muito mais coisa pra deixar em ordem; muito mais roupa para lavar e passar desperdiçando recursos naturais e meu tempo e finalmente dinheiro empatado no guarda roupa.

Eu prefiro usar meu tempo e dinheiro em viagens, em dedicação ao meu filho, em momentos com meu marido, com meu Deus e a Sua palavra e em comida. Aí sim fico bem mais feliz.

Espero conseguir aprimorar cada dia mais.

Como diz um dito fashion: menos é mais.

Hugs

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Eu amo seu comentário, e amo responder seu comentário também!!
Por isso optei em moderar, apenas para não deixar nenhum sem resposta.